A PRIMEIRA PALAVRA DE JESUS



"O texto para esta mensagem encontra-se no evangelho segundo São Lucas 23:33 e 34: "Quando chegaram ao lugar chamado Calvário, ali O crucificaram, bem como aos malfeitores, um à direita, outro à esquerda. Contudo Jesus dizia: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. Então, repartindo as vestes dele, lançaram sortes".

Esta é a primeira das sete últimas palavras que Jesus proferiu na cruz do Calvário. No meio está o Senhor Jesus; do lado direito uma ladrão e do lado esquerdo outro ladrão. A primeira, a quarta e a última palavras são orações que Ele dirige a Seu Pai. Ele ora, mantendo comunhão com Aquele de quem veio toda a Sua força para poder viver uma vida vitoriosa nesta terra. Ele começou Seu ministério em oração. E termina Seu ministério também em oração. Sabem por que Jesus viveu uma vida vitoriosa nesta Terra ? 

Não porque era Deus. Quando Ele veio a esta Terra Ele fez um pacto com Seu Pai: não usaria Seus poderes divinos sem o consentimento do Pai. Aí estava o segredo de Sua vitória. Sabe por que nós, às vezes, vivemos vidas derrotadas? Porque não aprendemos a depender do Pai como Jesus fazia. " Pai " - disse Jesus na hora da morte. 

Tinha uma coroa de espinhos furando o Seu rosto, mas isso não O impedia de enxergar o amor de Seu Pai. Mas isso não impedia Jesus de orar. Talvez Deus tenha esquecido de nós. Jesus no meio do sofrimento, da dor, da agonia, da morte, perseguido, caçoado, insultado e sangrando, não permitiu que nada O impedisse de saber que Seu Pai O amava e que olhava para Ele. 

Estou falando neste momento para alguém que está desempregado há muito tempo? 

Você é capaz de enxergar o rosto do Pai apesar de estar passando necessidade? 
Estou falando neste momento a alguém condenado à morte pela ciência médica? 
Sua enfermidade não tem mais remédio? 
Pergunto: Você é capaz de enxergar o rosto de Seu Pai apesar da ciência médica dizer que não há mais remédio para você? 
Os amigos o rejeitaram? 
Você foi traído pelas pessoas que mais amava? 
Todo mundo o abandonou?
 Sente - se solitário? 
E apesar disso tudo, é capaz de enxergar o rosto do Pai? 

Jesus o fez na cruz do Calvário. Na hora da agonia Jesus clama a Seu Pai, mas não o faz pedindo ajuda. Mas aí estava Jesus cravado numa cruz. Mas na hora da agonia Jesus não ora por Ele, ora pelos outros. E não é por Seus amigos ou por Seus familiares ou por cidadãos bons. Sabe por quem ora? Pelos Seus inimigos, por aquele que O esbofeteia, por aquele que prega Suas mãos, por aquele que cospe em Seu rosto, por aquele outro que coloca a coroa de espinhos em Sua fronte. 

Jesus ora pelos Seus inimigos e pede que Deus lhes perdoe. Ah, meu amigo, na cruz do Calvário, Jesus vive o que pregou. E na cruz Ele vive Sua mensagem. 
Pergunto : Você é capaz de orar pelos seus inimigos? Talvez, se você está vivendo bem, com um bom saldo no banco, com boa saúde, com toda a família unida. Nessas circunstâncias talvez você até se anime a orar pelos seus inimigos. Mas condenado à morte por um câncer, sem um centavo no bolso, com a família feita em pedaços e todo mundo contra você, seria capaz de orar pelos seus inimigos? 
 
ORAÇÃO

Querido Pai, há muita gente que abriu o coração a Ti esta manhã. Há muita gente que quer perdoar, que está orando por alguma pessoa especial e que precisa da Tua ajuda e de Teu poder. Por favor, vem e responde cada oração. Em nome de Jesus. Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages